segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

NOVA ROTA PARA AVENTURA

Planejamento e iniciativa. Descobrir novos caminhos para aventura não é nada fácil, é no mínimo insâno. Explico, algumas vezes por diversos fatores não podemos contar com a presença de outros destemidos aventureiros, então o ideal seria "normalmente" adiar a exploração. Mas o que seriam dos eco-turistas sem nós os caçadores de aventura. Após adiar por diversas vezes a busca desta nova rota de aventura resolvi por meu planejamento em prática. Viagem solo de quase 400km ida e volta.

PLANEJAMENTO

1 - Descobri um caminho alternativo para a Praia de Mangue Seco. Tendo como base relatos de pessoas do meio off road (4x4).
2 - Tanque da moto cheio, mochila com ferramentas, reparos e utensílios para uma eventual necessidade mecânica. Sobre o combústivel é imprescindível saber quantos km´s sua moto ou carro faz poís pode-se ter uma pane seca devido a um mau planejamento.
3 - Celulares, o trajeto muito deserto é aconselhável no mínimo 2 celulares de 2 operadoras diferentes. Alguns trechos fiquei sem comunicação. Neste quesito é importante manter outras pessoas (em casa) cientes de seu planejamento como hora de retorno, casa haja algum incidente elas notaram o atraso. Procurar manter contato e passar informações de como anda o roteiro previsto.
4 - Água. Roupa adequada.
5 - Lembre-se de que você é um motociclista e existem códigos a serem seguidos conforme CBT, pilote com segurança e prudencia.
6- Outro ponto fundamental é a manutenção da moto. Tem que estar em dias.
7- Tome informações de moradores locais durante o percurso.

Tomado estas precauções parti de Jauá (onde estava na casa de amigos) e segui pela Linha Verde. O resultado vocês conferem nas fotos e vídeos.


Na próxima ida vou até Mangue Seco. De niva ou de moto? Com os dois.
O cuidado maior chegando a praia de acesso é planejar a ida pela praia com com a maré baixa, e estar atento a não ir muito na parte de cima nem muito na parte de baixo próximo a água, diria 70%. Nem lá nem cá.
Dizem os moradores, que nas dunas de Mangue Seco a areia é tão dura que mesmo com uma picareta é difícil furar e se não acertar a mão direito a ponta resvala que pode sair até faísca. Foi o que me contaram.


video

Espero você na próxima aventura comigo nas dunas de Mangue Seco.
Abraços e até a próxima.

2 comentários:

Anônimo disse...

Léo, só pude participar da aventura sobre as dunas, porém, a pé, kkkk. Mas quando autorizado por Deus estarei nas aventuras também motorizado!
Abração
Aníbal Jr

Leo Couto disse...

A Fé remove montanhas. E vc sem dúvida é um amigo/parceiro de aventuras. Abraços.