quarta-feira, 13 de abril de 2011

EM BUSCA DA ROTA PERDIDA

Pessoal hóje pela tarde me deu vontade de rodar e então pús uma velha idéia em prática, descobrir mais um caminho alternativo para a roça. Na prática tenho 5 caminhos diferentes que conforme o gosto do motorista e época do ano pode-se variar a rota. Juntando algumas informações aqui e alí, parti para a exploração. Após deixar minha esposa no trabalho parti para a aventura. Sentido Linha Verde na altura de Costa do Sauípe entrei numa estrada oposta a entrada do resort. Dalí tomei algumas informações e continuei minha investida. Não tão sem saber onde estava pois o local a muito tempo foi palco de uma trilha de bike que fiz com alguns amigos se não me falha a memória Bugarin estava neste dia. Bem, um dos atrativos que mais me despertou o interesse de ir por este caminho é que lá segundo algumas informações antigas há um rio muito bonito e que só se chega com veículo 4x4. Mas rodei muito cerca de 50 km por estradas de terra e areia ainda bem que tinha chovido e neste caso a areia fica firme, sendo assim enrolei o cabo e o percurso teve seu tempo encurtado devido ao fato de poder girar em velocidades maiores com mais segurança. Em alguns trechos a lama era inevitável e muitas poças, literalmente bacías de lama se formavam. Tomavam a estrada toda. Em uma destas poças ao cortar pelo canto a roda derrapou e foi tombo certo. Estava devegar e foi tranquilo, a moto nem sequer morreu. Levantei a moto, ajustei o retrovisor e segui viagem. Mais uma vez o protetor de punho salvou a manete, quem não tem deveria comprar é um excelente acessório. Passei por duas estradas em direções opostas que provavelmente me levariam a São José de Avena, mas examinando a estrada e em sentido contrário saí em Açú da Torre de frente a Praia do Forte. Com algumas informações obtidas no caminho já sei mais ou menos por onde ir. Já era tarde, quase 16h e meu objetivo era ir até Itanagra e voltar na mesma marca da roda por este motivo abortei a missão e resolvi saí em Açú da Torre. Devo retornar lá num outro dia.
Nada de fotos, fiz apenas uma filmagem de um dos lacais mais bacanas na aventura de hóje, se não fosse o dia meio nublado e o horário um banho por lá seria ideal.

video

Abraços e até a próxima!

5 comentários:

jozeir disse...

grande leo. um dia desses faremos um passeio,juo que nao e so promessa,achei legal.poi em breve serei um dos seus seguidores.um abraços.jozeir

Anônimo disse...

Leo vc deixou a esposa no trabalho? alguem tem que fazer algo por esse pais.
A sua memoria tá a contento companheiro mas o nosso passeio foi de bike e quase o dia todo.
Mais é um belo lugar, continui companheiro é só alegria.
Muita paz e luz
Bugarin

Anônimo disse...

Léo, o riacho tem uma correnteza bem forte!!!

Eu estou desconfiado que vc deve ter andando no caminho ou em parte do caminho que andamos no outro final de semana, pois tambem saímos em são josé e dalí seguimos para p. do forte!!!

Belo passeio!

Aníbal Jr

Tio Lula disse...

Valeu Tio, Indiana Leo.

Leo Couto disse...

Jozé quando quiser dar um rolé é só entrar em contato. Não precisa ficar esperando o convite, me ligue.

Buga, pois foi o que falei, veja: "pois o local a muito tempo foi palco de uma trilha de bike que fiz com alguns amigos... Aliás trabalhei pela manhã.

Jr. pois é isso mesmo sair em Avena e de lá seguir os eucaliptos a direita sainda da cidade.

Tio Lula, já tenho muitas aventuras, já dá para fazer um filme, e suas várias sequencias, Indiana Leo parte 1,2,3...37...

Abraços a todos.